Scrum - Projetos Ágeis e Pessoas Felizes

Cesar Brod

Capítulos

Prefácio da 3ª edição (rolling edition)

Embarcando na viagem ágil, por Cláudio Machado

Prefácio da 2ª edição

Dos pesquis aos bahs e tchês, passando pelas Cataratas do Iguaçu, por Carolina Borim

Prefácio da 1ª edição

Duas cesarianas no mesmo dia, por Franklin Carvalho

Parte I

Para entender o Scrum

Parte II

A prática do Scrum

Parte III

Aprimorando o Scrum

Parte IV

Outros usos do Scrum

Parte V

Dinâmicas Ágeis

Posfácio

A resposta é 42

4.2.4 – Reuniões de revisão e retrospectiva do Sprint

Gosto muito da figura 4.2, que mostra o Scrum na forma de um anime e deixa claro quais pessoas participam de quais reuniões. Repare que, ao final de um Sprint, acontecem duas reuniões: a revisão do Sprint (Sprint Review), da qual participa o Product Owner junto com a equipe e o Scrummaster, e a retrospectiva do Sprint (Sprint Retrospective), da qual participam apenas a equipe e o Scrummaster. A Revisão acontece para, junto ao Product Owner, a equipe validar todas as entregas do Sprint. A Retrospectiva é para a gentil lavagem de roupa suja, para entender o que deu errado e ver como é possível melhorar, fazendo os devidos ajustes para os Sprints seguintes. Antes de seguir adiante, invista algum tempo observando, novamente, o Scrum na figura 4.2.

Geralmente, em especial quando se inicia a prática do Scrum, os dois primeiros Sprints são aqueles em que mais se erra. Isso é normal. Não condene os erros; procure encapsulá-los de tal forma que eles sirvam de aprendizado para a equipe, mas não impactem o cliente. No entanto, se for o caso de impactar, que esse impacto ocorra logo nos primeiros Sprints, com o cliente sabendo que ele também participa de um processo de aprendizagem. Não é incomum nas reuniões de revisão que, ao ver algo já funcional, o cliente “lembre-se” de que faltou uma coisa. Nesse caso, o Product Backlog deve ser revisto e aquilo que faltou deve ser encaixado para a execução em um futuro Sprint. Nunca é demais lembrar que, durante um Sprint, a equipe está protegida e não sofrerá interferências externas que possam impactar o seu trabalho.

Capítulos

Prefácio da 3ª edição (rolling edition)

Embarcando na viagem ágil, por Cláudio Machado

Prefácio da 2ª edição

Dos pesquis aos bahs e tchês, passando pelas Cataratas do Iguaçu, por Carolina Borim

Prefácio da 1ª edição

Duas cesarianas no mesmo dia, por Franklin Carvalho

Parte I

Para entender o Scrum

Parte II

A prática do Scrum

Parte III

Aprimorando o Scrum

Parte IV

Outros usos do Scrum

Parte V

Dinâmicas Ágeis

Posfácio

A resposta é 42

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Para mais informações, visite nossa Política de Privacidade.