Scrum - Projetos Ágeis e Pessoas Felizes

Cesar Brod

Capítulos

Prefácio da 3ª edição (rolling edition)

Embarcando na viagem ágil, por Cláudio Machado

Prefácio da 2ª edição

Dos pesquis aos bahs e tchês, passando pelas Cataratas do Iguaçu, por Carolina Borim

Prefácio da 1ª edição

Duas cesarianas no mesmo dia, por Franklin Carvalho

Parte I

Para entender o Scrum

Parte II

A prática do Scrum

Parte III

Aprimorando o Scrum

Parte IV

Outros usos do Scrum

Parte V

Dinâmicas Ágeis

Posfácio

A resposta é 42

9.2.2 – Reduza as User Stories e divida os épicos em várias User Stories

Você já ouviu muitas vezes a máxima “dividir para conquistar”. À medida que a compreensão do Product Backlog aumenta, a equipe logo começa a perceber que uma determinada história levará mais tempo para ser desenvolvida do que o permitido por um Sprint único. Histórias têm de caber em um Sprint; caso contrário, elas devem ser encaradas como um épico a ser dividido em capítulos independentes. Lembre-se sempre de que o Product Backlog não deve conter aspectos técnicos. Quando muito, esses aspectos ficam para o Sprint Backlog ou para o quadro KanBan da equipe. No caso do nosso Jogo dos Tronos, você acha, por exemplo, que o Product Owner ou os patrocinadores precisam saber que o papel vegetal que representa o movimento das peças é um padrão de projeto marca-d’água do Android? Essa informação não precisa fazer parte do Product Backlog.

Capítulos

Prefácio da 3ª edição (rolling edition)

Embarcando na viagem ágil, por Cláudio Machado

Prefácio da 2ª edição

Dos pesquis aos bahs e tchês, passando pelas Cataratas do Iguaçu, por Carolina Borim

Prefácio da 1ª edição

Duas cesarianas no mesmo dia, por Franklin Carvalho

Parte I

Para entender o Scrum

Parte II

A prática do Scrum

Parte III

Aprimorando o Scrum

Parte IV

Outros usos do Scrum

Parte V

Dinâmicas Ágeis

Posfácio

A resposta é 42

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Para mais informações, visite nossa Política de Privacidade.