Capítulo 21 - Dentro do Sprint

Posted on: sex, 07/12/2019 - 10:53 By: Cesar Brod

Do planejamento à revisão e à retrospectiva, com tudo o mais que acontece dentro de um Sprint

Chegou a hora de rodar seu Sprint, com tudo a que tem direito. A Figura 21.1 traz de volta aquela que você já viu no Capítulo 4, onde aparecem as sugestões de tempos para os ritos do Scrum.

Image removed.

Figura 21.1 – Sugestão de tempos para os ritos do Scrum

Consideremos uma semana, de segunda a sexta-feira, como o tempo de duração de nosso Sprint. Nesse caso, a sugestão de tempos para os ritos é a seguinte:

    • Planejamento do Sprint - duas horas, que podem ser divididas em duas partes, a primeira com a presença do Product Owner para qualquer esclarecimento sobre as histórias e a segunda apenas com a equipe, para refinar a pontuação do esforço e selecionar as histórias, sempre a partir de sua priorização estabelecida no Product Backlog, que irão compor o Sprint Backlog. Pessoalmente, prefiro que o Product Owner esteja presente durante toda a reunião do planejamento;
    • Reunião diária – essa tem sua duração máxima de 15 minutos, com o máximo de 90 segundos para cada membro da equipe, independente da duração do Sprint;
    • Refinamento do Product Backlog – um máximo de quatro horas durante o Sprint, que podem ser divididas e alocadas a critério da equipe;
    • Revisão da Sprint – uma hora;
    • Retrospectiva – uma hora.

Durante uma oficina de capacitação em métodos ágeis dificilmente você terá cinco dias úteis para rodar um Sprint completo. Por isso, vamos usar o artifício da compressão do tempo. Eu gosto de rodar essa dinâmica em dois dias, fazendo com que um Sprint de quatro dias seja comprimido nesse período. Dessa forma, as equipes terão quatro dias de 90 minutos onde todos os ritos do Sprint devem acontecer. Não são permitidas horas extras e a equipe deve se permitir uma pausa de dez minutos para o descanso após 35 minutos. Para que a dinâmica não fique muito cansativa, um dia de 90 minutos acontece na parte da manhã e outro na parte da tarde do primeiro dia. No segundo dia, a rotina se repete. Entre os “dias de 90 minutos” aproveito para discutir aspectos da evolução do Sprint com as equipes, solucionar dúvidas e apontar os “maus cheiros” do Scrum (Capítulo 7).

Comentar

CAPTCHA Nosso portal usa esse mecanismo para evitar spam.